Sonho realizado, fodi a minha Tia

Era uma terça a tarde quando escutei o carro parando na frente de casa, sabia que era ela e ja fui correndo abrir a porta.
Vi ela paradinha no portão, minha tia Solange e seu corpo gostoso.
O brilho do sol deu um contraste maravilhoso naquela pele clara, uma mulher nos seus 53 anos mas que matinha uma beleza invejada por todas as novinhas.
Ela tinha 1,60 de altura, cerca de 74kg, uma gordinha gostosa, seios pequenos mas muito sensuais, pés 37 deliciosos, mas o principal era a sua bunda monumental.

Era a mulher dos meus sonhos desde os 15 anos, punhetei muito com fotos e imaginações sobre ela.
Hoje minha mãe estava no trabalho e eu fiquei sozinho, recebi ela com um abraço apertado, tão apertado que meu pau ja deu sinal, era foda tocar nela sem ter uma ereção.
Convidei pra entrar e ela ja foi logo se instalando na casa, ela adorava arrumar nossa casa, mudar os moveis e ajeitar as coisas e foi pra isso que ela veio e era disso que eu me aproveitaria.
Fazia muito tempo que eu não me imaginava com ela, mas dessa vez ela estava tão gostosa, tinha acabado de sair do pilates, estava de tenis de corrida, calça legging preta com uns detalhes quase transparentes, dava pra ver a calcinha preta naquele rabão, uma camisetinha folgada preta mas que aumentava meu tesão por aqueles peitinhos suculentos, além de seu novo corte de cabelo todo moderninho.

Ela começou a arrumar a sala e eu só escutando ela falando sobre as viagens com o marido, não tinha interesse naquilo, queria mesmo era adimirar aquela bunda enorme passeando, subindo e descendo na minha sala. Era um show privado de uma milf gostosa, meu pau tava explodindo, quase rasgando meu short de tanto tesão.
Comecei a tirsr fotos daquela raba gostosa, queria rasgar aquela calça e besuntar aquela enorme bunda com óleo, foder ela como se ela fosse uma atriz porno.
Teve um momento em que ela parou tudo e começou a olhar pra mim, me viu ali no sofá, olhando pra ela como se estivesse faminto por aquele corpo e eu realmente estava, porém, fiquei envergonhado e fui pro meu quarto, deixei ela na sala e encostei a porta, ja tinha conteudo suficiente na minha cabeça e no meu celular para homenagea-la por meses bem tranquilo.

Enquanto eu estava la no quarto me masturbando como um louco olhando pras fotos daquela mulher não percebi que ela havia aberto a porta, me viu com o pau na mão e a bunda dela no celular.
O que eu podia fazer ali? Estava desprevinido. O susto foi tanto que fiquei sem reação, mas continuei me masturbando enquanto olhava pro rosto dela.
Ela me disse: achou que eu não sabia o que estava fazendo aqui né? Ja que gosta tanto assim da minha bunda grande vou fazer você se cansar dela.
Me jogou na cama e começou a sentar na minha cara com agressividade, meu pauzão estourando de tesão e a filha da puta me judiando com aquela raba.
Achou que eu ia odiar mas eu adorei sentir aquela bunda macia na minha cara.
Ela parou e viu que não estava funcionando e eu disse: Acha mesmo que vai me punir desse jeito? Olha pro meu pau, nunca esteve tão grande e duro assim. Eu é quem vou punir você agora.

Joguei ela pro lado, quase caiu no chão, ficou de quatro sem eu colocar e ja foi arrebitando aquela coisa gigante. Rasguei a calça com voracidade, ela sentia que não podia fazer nada, eu iria fuder aquela raba hoje mesmo.
Comecei a lambuzar aquele cu de baba, lambi como se fosse um pudim caramelizado.
Senti que aquele rabo estava preparado, ela piscava o cuzinho pra mim sem parar.
Apontei e empurrei, sem dó. Era óbvio que ela ja tinha fodido aquele rabinho antes.
Meti devagar pra aproveitar, mas o gemido dela fez eu virar um animal feroz, comecei a fuder violentamente e ela gritava pedindo mais e dizendo que estava gostoso.
As pernas dela tremiam de tesão, não aguentou ficar de quatro e deitou, eu fiquei em cima dela metendo pressão.
Parei por um segundo só pra mudar de posição, ela ficou de frente abriu as pernas e eu entrei e quando entrei inteiro ela cruzou as pernas em mim e eu comecei a urrar de tesão, fiz minha tia virar puta, estava orgulhoso de mim mesmo.

Fodia aquele cu com tanto gosto, a cama começou a fazer barulho e eu sabia que ia quebrar. Tirei ela de la e levei para a sala, sentei no sofá e disse, senta nesse caralho sua puta. Ela endoidou e veio cavangar de frente, abracei aquela gostosa, segurava aquela bunda enquanto ela subia e descia sem parar, vadia deliciosa, ela parou e disse pra eu fuder ela no chão e de ladinho. Dito e feito, missão dada pra esse pau é missão cumprida.
Ali no chão suados e com tesão eu anunciei no ouvido dela: vou gozar no seu cu, no fundo do seu cu meu amor.
E assim eu fiz, botei tudo dentro e meu pau começou a jorrar o leite todo nela, foram umas 7 jorradas, nunca gozei assim, mas essa era uma data especial, foi o dia que realizei o sonho mais safado da minha vida.
Comi minha tia gostosa e tornei ela a minha puta.

Deixe um comentário

CAPTCHA