A primeira travesti a gente nunca esquece

Tenho fixação por travestis há muito tempo e, como todos que partilham desta fantasia, não sosseguei até poder realizá-la. Moro no interior de SP e não existem muitas opções para quem curte travestis, fora o receio que todos temos de sermos flagrados. Saí de um aniversário na semana passada por volta das 21h e resolvi dar uma passada em uma rua onde sempre costumam parar travestis.

Ler maisA primeira travesti a gente nunca esquece

Onde menos se espera, há amor!

Sempre tive desejo por uma travesti que vi em um anúncio de acompanhantes na internet, mas tímido esse desejo virtual perdurou por mais de dois anos. Mas, numa bela tarde, me encorajei, liguei e agendei com minha paixão platônica.
As pernas trêmulas, boca seca, suando frio ao vê-la diante de mim…
Ela percebeu o nervosismo duradouro e perguntou se era a primeira vez com uma travesti. Eu respondi positivamente com a cabeça. Ela sorriu, se levantou, desligou as luzes e ligou um abajur. Segurou minhas mãos e me puxou para o sofá, começando a me beijar e a nos despir. Gostei tanto de ver aquela morena linda e feminina apenas de lingerie, que pedi pra vê-la de pé… Ela subiu no sofá e começou a se insinuar pra mim. Enlouqueci e ela também, pois o volume na calcinha dela havia aumentado.

Ler maisOnde menos se espera, há amor!

Cdzinha Tarada

Sou casado, tenho 39 anos e o que aconteceu comigo aconteceu em 2016.
Sempre fui louco por calcinhas, por travestis e a pouco tempo vim descobrir o que era CD (Crossdresser) e passei a amar também.

Desde criança, eu já usava as calcinhas da minha irmã escondido, depois passei a usar da minha mãe, que so usava calcinha tanga, das mais lindas e sensuais que já vi.

Bom, vesti muitas, e quando me casei, já sabem ne, passei usar as calcinhas da minha esposa escondido. Até que certa vez, estávamos no banho e ela pediu pra eu vestir uma calcinha preta dela, e claro, não aceitei, afinal tinha que manter a pose de macho alpha.

Ler maisCdzinha Tarada

Desejo, medo e paixão!

Eu me achava hétero, pegador e mulherengo… Até que certa vez, percebi que uma esquina próximo de casa havia um ponto de prostituição de travestis, que faziam gracejos, mas nem ligue, mas não pude deixar de notar uma negra, de aproximadamente 1,80m, toda encorpada, mas muito delicada, tímida e um olhar penetrante.
Vai e vem, várias vezes eu passei naquela esquina e nossos olhares sempre se cruzavam. Embora eu tentasse disfarçar, sempre me sentia atraído pelo seu olhar impactante. Durante quase um mês, eu passei ali naquela esquina, várias vezes, até quando não deveria, só pra tentar ver aquela morena linda, de olhar misteriosamente sedutor e corpo maravilhosamente lindo.

Ler maisDesejo, medo e paixão!

Travesti Pirocudo Afim de Putaria

Este caso aconteceu a alguns anos atras,eu era bem novinho,meus 17 anos mais ou menos.
Vamos ao fato,fui numa balada ,onde chamávamos na época de boate,entre uma dança e outra,bebi alguns drinks,batia papo com amigos e amigas e em um determinado momento me apresentaram a Regina,morena alta,de cabelos logos,seios fartos e bunda arrebitada…sentamos juntos,falamos de muita coisa ,amizade,namoro,diversões e também sexo é claro.E neste papo,observei que ela na verdade era uma travesti que prontamente ela não fez questão de omitir e me confessou tal fato,mais eu estava entusiasmado com o bom papo e aquele corpo escultural,não me

Ler maisTravesti Pirocudo Afim de Putaria

Sonho realizado com uma travesti

Olá me chamo Chico tenho 46 anos Moreno, 1,75 cm e minha vontade de transar com travesti começou quando eu namorava e minha namorada quando estava cavalgando colocou o dedo no meu ânus.
Senti uma sensação gostosa porém não poderia falar para ela que eu gostei. Passado um tempo o namoro acabou porém comecei a ver sites de travestis e a vontade de sentir um pênis na minha boca e me penetrando foi aumentando cada vez mais.

Ler maisSonho realizado com uma travesti

Iniciei uma boneca e finalizei 10 anos depois – Continuação

10 anos mais tarde ficamos sabendo que o antigo dono do sítio, seu Mário havia vendido o sítio para alguém da própria família, e que nosso chefe seria outra pessoa. Num domingo meu tio me chamou dizendo que o proprietário estaria chegando na sexta feira seguinte e que ficariam o final de semana lá com amigos e amigas, que eu precisaria arrumar a casa de cima e que precisaria atende-los no que precisassem, eu a essa altura já estava com 30 anos e casado. Quando deu sexta feira avistei um carro chegando e buzinando pra que abrisse a cancela, me aproximei e de

Ler maisIniciei uma boneca e finalizei 10 anos depois – Continuação